terça-feira, 15 de dezembro de 2009

ESTUDOS ADICIONAIS

QUERIDOS ALUNOS, REVISEM OS CONTEÚDOS E CUIDEM AS DATAS!
ACREDITO NA CAPACIDADE DE VOCÊS!

BJ DA MARILÉIA

PLANTÃO: 19 de dezembro, às 10 horas
PROVA: 22 de dezembro, às 13h 30min

CONTEÚDOS:

- níveis de linguagem
- novo acordo ortográfico
- fonologia
- estrutura e formação de palavras
- linguagem verbal e não-verbal
- classes gramaticias: somente plurais dos adjetivos e substantivos compostos
- vocabulário e ortografia (escrita correta das palavras)
.
.
.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

TADEU COMENTOU NO BLOG

..
.
.

PESSOAL, HÁ UM COMENTÁRIO DO PROFESSOR TADEU, AUTOR DO "SEM MEDO DO INTERNETÊS, NO BLOG TURMA 104, NA POSTAGEM TRABALHO AVALIATIVO DO III TRIMESTRE. DEEM UMA OLHADINHA E - SE QUISEREM - ESCREVAM PARA ELE.
.
.

BEIJO da MARILÉIA..
.
.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

ATIVIDADE AVALIATIVA - III TRIM. - VALOR 20

Queridos alunos, podemos fazer uma comparação entre o uso da roupa e o da lingua. Devemos nos adequar à situação em que nos encontramos: se em situação formal, oficial ou solene usamos roupa "formal", se em situação descontraída, roupa "descontraída". Ninguém vai de maiô ao shopping center nem entra na praia em dia quente com blusão ou de terno e gravata. Essas não são roupas adequadas para aqueles ambientes.
  • Escreva pequeno texto, em forma de comentário, individualmente, refletindo sobre os diferentes usos da língua e a adequação desses usos conforme o ambiente (contexto) em que é empregada. Não esqueça de citar o uso do internetês. Dê outros exemplos comparando língua e vestimenta. Para realizar esta atividade, evita o internetês e o miguxês. Teu comentário pode ser feito a partir da postagem de um colega, ou seja, tu podes escrever sobre um outro comentário.

.

Adaptado por Mariléia Marchezan de:

BISOGNIN, Tadeu Rossato. Sem medo do internetês. Porto Alegre, RS: AGE, 2009.

.
Bom trabalho, pessoal!
beijo da profe Mariléia

terça-feira, 3 de novembro de 2009

PROPOSTA DE REDAÇÃO

Escrever um texto dissertativo-argumentativo, em prosa, entre 15 e 25 linhas sobre o seguinte tema:

EMPATIA: A IMPORTÂNCIA DE ESTENDER O OLHAR AO OUTRO.

Ao desenvolver seu texto, selecione, organize e relacione argumentos, fatos e opiniões para defender seu ponto de vista a cerca do tema.

domingo, 16 de agosto de 2009

Pais ausentes

No mundo em que vivemos hoje, o número de pais que se distanciam dos seus filhos é grande. Isso porque o diálogo deixou de ser a principal maneira para compreender os membros da família e está sendo substituído pela rotina do trabalho.
Conversas mal acabadas, abandonadas e, às vezes, nem começadas desunem os laço familiares, pois o excesso de querer riqueza, bem-estar, lazer e ”mordomias” tornam-se o maior desejo. Assim os pais podem oferecer aos seus filhos o melhor e necessário, mas a ausência daqueles pode ser prejudicial a estes.
A maioria dos pais acham que trabalham para garantir o necessário, estão presentes na vida dos filhos, mas acabam se esquecendo dos sentimentos, de saber do que o seu filho mais gosta, se está com algum problema e de se divertirem juntos, com toda a família.
O diálogo aberto entre pais e filhos é essencial para um bom relacionamento, pois o filho precisa se sentir seguro, querido e participativo, portanto, é fundamental que essa prática seja resgatada nos lares.
Luana Bianchin
Tema: relacionamento entre pais e filhos

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

FORUM DE DISCUSSÃO – Ativ. Avaliativa – valor: 20


Queridos alunos, esta atividade é avaliativa, e para desenvolvê-la tu deves ler com atenção os comentários abaixo, refletir sobre o assunto e postar um comentário, conforme é solicitado abaixo.Atenção: só serão avaliados os comentários postados até o dia 10 de setembro.
@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@
“Uma pesquisa mostra que para os brasileiros tudo vai bem nas escolas. Mas a realidade é bem menos rósea: o sistema é medíocre.” Assim inicia uma matéria da revista Veja/2008. Nela são apontados dados estatísticos tais como:

- 90% dos professores se acham bem preparados para dar aulas
- 89% dos pais consideram receber das escolas um bom serviço em troca do que pagam
- 68% dos alunos de escola pública acreditam que estão em uma escola ótima
- 89% dos professores se dizem capazes de despertar a atenção dos alunos em aula
- 65% dos alunos dizem que suas aulas são interessantes
- 22% dos professores de ensino básico não têm diploma universitário
-60% dos estudantes terminam o ensino fundamental sem saber interpretar
textos
@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@
A partir dessas afirmações, escreve um comentário, em linguagem formal, expondo teu ponto de vista a respeito da TUA REALIDADE ESCOLAR E DA EDUCAÇÃO NO BRASIL. Tu podes mencionar exemplos para embasar tuas opiniões.
ATENÇÃO!!!!!
Manda o teu comentário para o e-mail da turma para que eu possa analisar antes de postares aqui no blog. Coloca como assunto do e-mail a palavra FORUM.
Bom trabalho!!
beijos da professora Mariléia
.
.
.
.
.
.

domingo, 9 de agosto de 2009

E + ESCUTATÓRIA

De acordo com o texto, podemos saber que todo conteúdo que está escrito não é nada mais que uma realidade humana. O ser humano tem uma necessidade incrível de falar, porém nem sempre escuta a opinião alheia, apenas esperando a sua vez de colocar em prática tudo aquilo que está em mente, usando uma linguagem verbal. Por conta de toda essa vontade de se expressar, inúmeras vezes não ficamos com nossa mente quieta, e ela fica livre para levar nossos pensamentos a qualquer que seja o destino, o foco principal de todo o texto do Rubem Alves é o silêncio, além do silêncio físico, um silêncio que requer muita paciência, concentração e força de vontade. O silêncio vale mais que mil palavras e em questão disso tudo, algumas vezes necessitamos ficar quietos e ouvir o que a outra pessoa tem a dizer. Juliana Kerber Aires

+ sobre ESCUTATÓRIA

Escutar hoje em dia é muito difícil para as pessoas. O texto fala como sempre as pessoas querem ter um assunto maior que o outro, e que muita gente não sabe ouvir ( por isso um curso de escutatória ). Quando ficamos em silêncio podemos ver que não é apenas o nosso som que é omitido e podemos escutar a nós mesmos. As pessoas querem sempre ter um prloblema maior que o alheio por que querem apenas falar, falar, falar e não escutar. Se silenciarmos, escutaremos o que o outro tem a dizer, poderemos ouvir o lindo som de um piano em uma missa, apenas o som de um pássaro no ar, o barulho do mar, as pessoas devem se conscientizar que devem aprender uma coisa que muita gente não sabe, e é muito importante em nossa vida: devemos ouvir.
Ana Carolina de Almeida

sobre ESCUTATÓRIA

O texto está explicando que devemos escutar primeiro, prestar atenção no que os outros estão falando e depois falar, e não adianta só dizer que está prestando atenção se o pensamento está longe ou até pensando na próxima palavra que a pessoa vai falar, devemos ficar em silêncio por fora e por dentro na alma também até porque assim vamos entender o que estão nos passando para ter um bom entendimento depois, assim vamos respeitar o pensamento e a fala dos outros e ficar de bem conosco.


Viviane Rodrigues

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Atividade 7

Capítulo 6 do livro didático:

Página 103: ler
Página 104: ler
Página 105: ler
Página 106: ler e responder a ativ. 1
Página 107: responder as atividades 2 e 3
Página 108: ler
Página 109: ler e responder a ativ. 5
Página 110: responder as atividades 6, 7 e 8
Página 111: ler sobre Formação de Palavras e responder as atividades 9 e 11
Página 112: ler
Página 114: ler a partir de Atividades
Página 115: realizar as atividades 13(letras A e B), 15(letras: A, B e C), 16(letras A e B)
Página 116: realizar as atividades: 17(letra A), 19, 20, 21. Fazer os Exercícios Complementares: 22 e 23
Página 117: exercícios 24, 25, 26, 27 (letra A) e 28

Por enquanto é só isso, pessoal!
As atividades serão todas conferidas em aula!

Bom trabalho!!!

Um beijo em cada um!
Profe Mariléia

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Escutar é mais dificil do que falar.Para falar é só abrir a boca e sair dizendo quaquer coisa. mesmo que seja bobagem, mas para escutar temos que nos concentrar e nos desligar do mundo que está a nossa volta, como quando mergulhamos que "somos todos olhos e ouvidos".
Pedro Izolan
O texto de Rubem Alves nos faz refletir sobre gestos do cotidiano que fazemos sem notar. Temos um pensamento egoísta, pois pensamos que os problemas dos outros são sempre menores que os nossos, nunca estamos abertos para ouvir os outros, mas sempre obrigamos os outros a nos escutarem, somos incompreensíveis. Porém não basta fazer silêncio, é preciso silêncio interno, pois só assim começaremos a ouvir o que antes não ouvíamos, nos tornamos mais humanos, mais compreensivos, e só assim poderemos ter uma visão diferente sobre o mundo, enfim uma visão mais humana.
João

ESCUTATÓRIA - RUBEM ALVES


Sempre vejo anunciados cursos de oratória. Nunca vi anunciado curso de escutatória. Todo mundo quer aprender a falar. Ninguém quer aprender a ouvir. Pensei em oferecer um curso de escutatória. Mas acho que ninguém vai se matricular.
Escutar é complicado e sutil. Diz o Alberto Caeiro que “não é bastante não ser cego para ver as árvores e as flores. É preciso também não ter filosofia nenhuma“. Filosofia é um monte de idéias, dentro da cabeça, sobre como são as coisas. Aí a gente que não é cego abre os olhos. Diante de nós, fora da cabeça, nos campos e matas, estão as árvores e as flores. Ver é colocar dentro da cabeça aquilo que existe fora. O cego não vê porque as janelas dele estão fechadas. O que está fora não consegue entrar. A gente não é cego. As árvores e as flores entram. Mas - coitadinhas delas - entram e caem num mar de idéias. São misturadas nas palavras da filosofia que mora em nós. Perdem a sua simplicidade de existir. Ficam outras coisas. Então, o que vemos não são as árvores e as flores. Para se ver e preciso que a cabeça esteja vazia.
Faz muito tempo, nunca me esqueci. Eu ia de ônibus. Atrás, duas mulheres conversavam. Uma delas contava para a amiga os seus sofrimentos. (Contou-me uma amiga, nordestina, que o jogo que as mulheres do Nordeste gostam de fazer quando conversam umas com as outras é comparar sofrimentos. Quanto maior o sofrimento, mais bonitas são a mulher e a sua vida. Conversar é a arte de produzir-se literariamente como mulher de sofrimentos. Acho que foi lá que a ópera foi inventada. A alma é uma literatura. É nisso que se baseia a psicanálise...) Voltando ao ônibus. Falavam de sofrimentos. Uma delas contava do marido hospitalizado, dos médicos, dos exames complicados, das injeções na veia - a enfermeira nunca acertava -, dos vômitos e das urinas. Era um relato comovente de dor. Até que o relato chegou ao fim, esperando, evidentemente, o aplauso, a admiração, uma palavra de acolhimento na alma da outra que, supostamente, ouvia. Mas o que a sofredora ouviu foi o seguinte: “Mas isso não é nada...“ A segunda iniciou, então, uma história de sofrimentos incomparavelmente mais terríveis e dignos de uma ópera que os sofrimentos da primeira.
Parafraseio o Alberto Caeiro: “Não é bastante ter ouvidos para se ouvir o que é dito. É preciso também que haja silêncio dentro da alma.“ Daí a dificuldade: a gente não agüenta ouvir o que o outro diz sem logo dar um palpite melhor, sem misturar o que ele diz com aquilo que a gente tem a dizer. Como se aquilo que ele diz não fosse digno de descansada consideração e precisasse ser complementado por aquilo que a gente tem a dizer, que é muito melhor. No fundo somos todos iguais às duas mulheres do ônibus. Certo estava Lichtenberg - citado por Murilo Mendes: “Há quem não ouça até que lhe cortem as orelhas.“ Nossa incapacidade de ouvir é a manifestação mais constante e sutil da nossa arrogância e vaidade: no fundo, somos os mais bonitos...
Tenho um velho amigo, Jovelino, que se mudou para os Estados Unidos, estimulado pela revolução de 64. Pastor protestante (não “evangélico“), foi trabalhar num programa educacional da Igreja Presbiteriana USA, voltado para minorias. Contou-me de sua experiência com os índios. As reuniões são estranhas. Reunidos os participantes, ninguém fala. Há um longo, longo silêncio. (Os pianistas, antes de iniciar o concerto, diante do piano, ficam assentados em silêncio, como se estivessem orando. Não rezando. Reza é falatório para não ouvir. Orando. Abrindo vazios de silêncio. Expulsando todas as idéias estranhas. Também para se tocar piano é preciso não ter filosofia nenhuma). Todos em silêncio, à espera do pensamento essencial. Aí, de repente, alguém fala. Curto. Todos ouvem. Terminada a fala, novo silêncio. Falar logo em seguida seria um grande desrespeito, pois o outro falou os seus pensamentos, pensamentos que julgava essenciais. Sendo dele, os pensamentos não são meus. São-me estranhos. Comida que é preciso digerir. Digerir leva tempo. É preciso tempo para entender o que o outro falou. Se falo logo a seguir são duas as possibilidades. Primeira: “Fiquei em silêncio só por delicadeza. Na verdade, não ouvi o que você falou. Enquanto você falava eu pensava nas coisas que eu iria falar quando você terminasse sua (tola) fala. Falo como se você não tivesse falado.“ Segunda: “Ouvi o que você falou. Mas isso que você falou como novidade eu já pensei há muito tempo. É coisa velha para mim. Tanto que nem preciso pensar sobre o que você falou.“ Em ambos os casos estou chamando o outro de tolo. O que é pior que uma bofetada. O longo silêncio quer dizer: “Estou ponderando cuidadosamente tudo aquilo que você falou.“ E assim vai a reunião.
Não basta o silêncio de fora. É preciso silêncio dentro. Ausência de pensamentos. E aí, quando se faz o silêncio dentro, a gente começa a ouvir coisas que não ouvia. Eu comecei a ouvir. Fernando Pessoa conhecia a experiência, e se referia a algo que se ouve nos interstícios das palavras, no lugar onde não há palavras. E música, melodia que não havia e que quando ouvida nos faz chorar. A música acontece no silêncio. É preciso que todos os ruídos cessem. No silêncio, abrem-se as portas de um mundo encantado que mora em nós. A alma é uma catedral submersa. No fundo do mar - quem faz mergulho sabe - a boca fica fechada. Somos todos olhos e ouvidos. Me veio agora a idéia de que, talvez, essa seja a essência da experiência religiosa - quando ficamos mudos, sem fala. Aí, livres dos ruídos do falatório e dos saberes da filosofia, ouvimos a melodia que não havia, que de tão linda nos faz chorar. Para mim Deus é isto: a beleza que se ouve no silêncio. Daí a importância de saber ouvir os outros: a beleza mora lá também. Comunhão é quando a beleza do outro e a beleza da gente se juntam num contraponto... (O amor que acende a lua, pág. 65.)
Fonte:
http://rubemalves.locaweb.com.br/hall/wwpct3/newfiles/escutatoria.php

Redação: Tema: os padrões de beleza impostos pela mídia.

A Era da Falta de Personalidade

A sociedade, nos últimos séculos, vem avançando rapidamente seus modos de pensar e, cada vez mais, exigindo e buscando a perfeição em todos os sentidos, inclusive quando se trata de beleza. O corpo sonhado, o cabelo perfeito, a roupa da moda nada mais é que um suposto padrão de beleza que a mídia impõe para ter um domínio sobre a sociedade.
A sociedade atualmente caminha sob o comando da mídia, onde ela nos apresenta pessoas totalmente artificiais e com um suposto padrão perfeito de beleza e nos impõe segui-lo e copiá-lo, o que -muitas vezes-frusta as pessoas por não terem esse padrão, o que lhes causa uma total falta de personalidade por quererem rapidamente estar na moda.
Portanto, percebe-se a ignorância e a falta de personalidade de alguns cidadãos, quem sabe não esteja aí o erro por termos uma sociedade tão omissa e neutra sobre os problemas e adversidades do cotidiano, estamos na era da falta de personalidade.
João Maidana Junior

Redação: Tema: a influência da internet na vida das pessoas.

  • A internet tem feito, cada dia mais, parte da vida de inúmeras pessoas, especialmente dos jovens, que não sabem a sutil diferença entre lazer e vício. E programas como messenger, orkut, facebook, etc. acabam tomando conta do nosso dia-a-dia, tendo mais influência sobre nosso modo de agir e pensar.
  • Aqueles que viram usuários frequentes, trocam o mundo real pelo virtual, e acabam transformando suas vidas em uma triste fantasia. Hoje existem diversos casos nos quais a internet, porta para benefícios, acaba se torando uma das maiores vilãs de nossas vidas. Assim controlando nossos atos, fazendo de nós, pessoas que vivem plugadas na rede e que necessitam de um micro na sua frente para viver, sim, viver, sem perceber que, após obtermos esse vício, perdemos os amigos, nos afastamos da família etc., para ficarmos mais tempo conectados.
  • O melhor modo de se prevenir desse uso obsessivo é notar quando começamos a nos apegar a um computador e precisamos de um micro para nos sentir vivo, isso não é bom, embora tenha vários benefícios usufruir desse serviço, jamais devemos nos esquecer dos prazeres reais que a vida nos proporciona.
Juliana Aires

quinta-feira, 18 de junho de 2009

terça-feira, 9 de junho de 2009

QUAL É O TEU TAMANHO???????????



Tu reclamas de tudo?
Da vida, da falta de sorte e de dinheiro, dos pais, dos filhos, do trabalho, do estudo? Depois de assistir ao vídeo, me diz de que tamanho te sentes!
Posta aqui um comentário!
E provo que, para nadar, não precisamos de braços!!! rsrsrss Vocês sabem do que estou falando!!!!
bj...
Ótimo feriaaaaaaaaaaadooooooooo
Mariléia...

DOAÇÕES DE LIVROS


na sala do Secretário de Educação do Município (esvaziaram a térmica do cafezinho)


Secretaria de Educação de Alegrete, com a professora Maria Lúcia


Secretaria de Educação de Alegrete, com a professora Maria Lúcia


sala de espera da Santa Casa


na pediatria da Santa Casa com a Tânia




domingo, 7 de junho de 2009

DOAÇÃO

PESSOAL, LEMBREM QUE QUARTA-FEIRA IREMOS NA SANTA CASA!

MARILÉIA

TEMAS DE REDAÇÃO

  • Guris, aqui está uma lista de assuntos que servirão de temas para as Redações de vocês. Peço que escolham um deles, pensem e se informem sobre o assunto escolhido, analisando o contexto histórico, econômico e social, pesquisando se há dados estatísticos relacionados, etc. Levem anotações, reportagens e ideias na próxima aula para iniciarem a escritura da Redação. Lembrem-se: a Redação será escrita em aula, portanto não adianta levar rascunho ou texto pronto.


    1. Gosto musical

  • 2. Os padrões de beleza impostos pela mídia.

  • 3. A influência da internet na vida das pessoas.

  • 4. Rivalidade entre times e torcedores.

  • 5. Relacionamento entre pais e filhos.

  • Um beijo em cada um.
    Mariléia
  • .
  • .
  • .
  • .

INICIAÇÃO À REDAÇÃO

Quanto à tipologia existem três tipos de texto:
- o narrativo
- o descritivo
- e o dissertativo.

Os CV (concursos vestibulares) do RS solicitam que os vestibulando escrevam DISSERTAÇÃO PURA OU REDAÇÃO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVA EM PROSA ( Que significa redigir o texto convencional, se não fosse em prosa, seria em verso, ou seja, poesia.).

1. COMO REDIGIR
Para escrever um bom texto e prender a atenção do leitor é necessário que nosso pensamento se desenvolva coerentemente e com clareza para que possamos comunicar nossas ideias de forma convincente para quem nos lê.

2. REDIGIR É DIFÍCIL
As pessoas costumam dizer que têm ideias , mas que não conseguem passá-las para o papel, sendo que uma das razões para isso é o fato de que o pensamento humano não é e nunca será absolutamente exato. Temos a capacidade de questionar e podemos repensar, refazer, reestruturar e aperfeiçoar o que pensamos, dificultando – assim – a colocação das palavras no papel. Além disso é importante lembrarmos que pensamos e falamos o tempo todo, mas pouco escrevemos, ou seja, desenvolvemos pouco a habilidade da escritura de textos. Entretanto, às vezes, temos dificuldade para redigir porque:
- não amadurecemos nossas ideias suficientemente;
- faltam informações e dados necessários para o desenvolvimento de uma redação;
- temos preguiça de pensar, ou seja, não exploramos nossa capacidade de organização mental e conhecimento.
Pensar e escrever requer prática, e ninguém jamais saberá tudo de redação. Leitura ajuda muito, pois com ela obtemos informações novas, alimentamos pensamentos e ampliamos vocabulário, mas não se aprende a escrever lendo, e é só o hábito de ler e redigir que nos dá efetivo domínio sobre nosso idioma.

Aprende-se a escrever escrevendo, e nada substitui essa prática, assim como nenhum manual ou professor pode nos ensinar a andar de bicicleta. A prática é essencial, sem ela não é possível redigir com facilidade e qualidade.

3. O PENSAMENTO E A REDAÇÃO
Ninguém pode entrar em nossa cabeça, penetrar nosso cérebro e conhecer como pensamos. Mas é possível avaliar a eficiência de nossa mente a partir do que escrevemos. Aprendemos a escrever para dar respostas às solicitações da realidade, sendo que redigir é saber expressar – de forma inteligível – as ideias que, espontaneamente, ocorram, mas - para tanto – o cérebro precisa estar constantemente alimentado com informações, e o treino é fundamental.


[...] o concurso vestibular não é um concurso literário, mas sim um momento onde há grande exigência da memória e do raciocínio, pois a agilidade mental é imprescindível para que o texto seja bem articulado e argumentado, coeso, original, criativo e adequado à proposta.
Mariléia Marchezan, 2005, in: Redação de Vestibular, Coperse, UFRGS

O QUE A UNIVERSIDADE QUER?

- VERIFICAR A CAPACIDADE DE RACIOCÍNIO E ORGANIZAÇÃO MENTAL

- ORIGINALIDADE: AUTORIA
- CRIATIVIDADE: O DIFERENTE

- ADEQUAÇÃO À PROPOSTA

- CAPACIDADE DE CONVENCER O LEITOR

- CONHECIMENTO DA L. PORTUGUESA

4. OS SUPERPODERES

INTELIGÊNCIA,

MEMÓRIA,

RACIOCÍNIO,

CRIATIVIDADE,

OUSADIA!



5. A DISSERTAÇÃO
Dissertar é expor ideias de modo organizado, com o objetivo de passar para o leitor uma análise a respeito de um tema, expondo pontos de vista. E, se o texto for argumentativo, o autor terá persuasivo, tentando convencer o leitor, usando argumentos consistentes e posicionamento claro.


6. PARA EXEMPLIFICAR
7. A ESTRUTURA


INTRODUÇÃO, DESENVOLVIMENTO E CONCLUSÃO

Introdução: suscita um problema, ou seja, estabelece uma perspectiva, um propósito a partir do qual deverão ocorrer desdobramentos. Devido a isso, deve apresentar um caráter de síntese. É onde deve constar o TEMA e a TESE de forma objetiva, geralmente em um único parágrafo.

TEMA: é o assunto a partir do qual se desenvolve o texto.


TESE: é o ponto de vista do autor, suas idéias, seu posicionamento sobre o assunto lançado no tema


Desenvolvimento: apresenta detalhamento dos aspectos relevantes, discussão, confronto, argumentação e exposição dos pontos de vista. Aqui o candidato evidencia sua habilidade ou não em articular adequadamente as informações que traz a respeito do tema; por isso, essa etapa assume um caráter de análise.

ARGUMENTOS: são as “provas”, as evidências do que se afirma na tese, a fim de que o autor convença o leitor com suas idéias.

Conclusão: apresenta o fechamento do texto, isto é, o candidato precisa concluir a redação, posicionando-se a partir da discussão que desencadeou no seu texto. A conclusão de um texto também assume o caráter de síntese, levando em conta que esta etapa precisa retomar a ideia norteadora da redação e amarrar as pontas do tema com o contexto, o autor pode reforçar as teses, trazer uma reflexão para o leitor e apontar soluções para problemas discutidos.








Viste??

Redação não é um monstro!!!!

Professora Mariléia Marchezan




terça-feira, 2 de junho de 2009


JORNAL EM QUESTÃO - 02 DE JUNHO

.

segunda-feira, 1 de junho de 2009

DOAÇÃO DE LIVROS






ESTIVEMOS NO SEMINÁRIO PAULO FREIRE, NO CTG ACONCHEGO DOS CARANCHOS, SÁBADO, DIA 30 DE MAIO, PARA FAZER A DOAÇÃO DOS LIVROS ARRECADADOS, E O FERNANDO REPRESENTOU AS TURMAS 102, 103 e 104. ENTREGAMOS OS LIVROS AO SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO, PROFESSOR SITÓ, E SOLICITAMOS QUE SEJAM ENCAMINHADOS A ALGUMAS EMEIs.

ATIVIDADE 6 - EXERCÍCIOS NO LIVRO DIDÁTICO

PARA A PRÓXIMA SEMANA!!!
Página 174: atividades 16 e 17.
Página 176: atividade 18.
Página 178: atividades 23 e 24.
Páginas 181 e 182: questão 29.
Página 183: atividades 33, 34 e 35.
Página 184: atividade 36
Página 185: ler!
Página 186: ler!
Página 187: ler!
Escrever no caderno, de forma resumida, em um parágrafo o que é:
1. Relato
2. Narrativa, citando os elementos da narrativa.
3. Crônica, dando exemplos dos tipos existentes.
ATENÇÃO!!!
ESSAS ATIVIDADES SERÃO CONFERIDAS NA PRÓXIMA SEMANA.
Data da postagem da ATIVIDADE 6: 01/6/09
Bom trabalho!!!
Beijo da Mariléia

domingo, 24 de maio de 2009

DROGAS

cocaína e craque
maconha

Todos nós sabemos que as coisas vão de mal a pior, e hoje em dia não há quem possa afirmar que vai tudo bem, pois as drogas atualmente estão muito presentes no mundo em que vivemos como a maconha, cocaína, craque e até mesmo o álcool. Elas modificam o sistema fisiológico de quem as utiliza, sendo o motivo, muitas vezes, das mortes , sequestros e assaltos, e tudo isso é consequência dessas drogas e também por falta de diálogo com os familiares e falta de informação com o mundo. O cigarro, outra droga, é algo liberado hoje, mesmo sabendo que pode causar doenças, mas tudo envolve dinheiro não é? O caso do cigarro é uma das coisas mais nocivas das drogas na atualidade e mesmo assim o dinheiro consegue que ela esteja liberada à venda.
Resumindo, o dinheiro muda o conceito do que é certo ou errado. Triste Realidade... Triste Sociedade...
Viviane Fortes Rodrigues

quarta-feira, 20 de maio de 2009

TURMA SOLIDÁRIA

Oi, alunoooos!!!!

Lembrem de levar os livros para doação no dia combinado:
terça-feira, dia 26 de maio!

Os locais que receberão as doações e as datas de entrega eu comunico depois.

Beijo.

Profe Mariléia

TAREFAS PARA FAZER NO LAR, DOCE LAR

CAPÍTULO 10 do Livro Didático
Pág. 162 - somente ler
Pág. 163 - ler e resumir cada tópico (no livro mesmo)
Pág. 164 - somente ler
Pág. 165 - somente ler
Pág. 166 - ler e responder as atividades 1, 2 e 3
Pág. 167 - somente ler
Pág. 168 - somente ler

Selecionar uma charge, atual, para levar na próxima aula.Meninos, façam as leituras e, se houver dúvida, anotem e levem na próxima aula.Darei visto nas atividades solicitadas.
Beijo.
Profe Mariléia

domingo, 17 de maio de 2009

A RECEITA DO AMOR


A receita é simples
Você vai gostar é assim
Umas gotinhas de ternura
Um toque de carinho
Um pouco de ciúmes,
mas bem pouco para dar um toque especial
Abuse da amizade
Felicidade e alegria não podem faltar
E assim vai se formando a receita,
e gostosa ela vai ficando
A receita não para
Aos poucos resultados viram
E o resto do seu jeitinho,
você vai aos poucos acrescentar.
Tanise Aurélio

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Anúncio de venda de imóvel

Dia desses vi um anúncio assim:

Vende-se imóvel na planta.

Vender imóvel na planta seria algo assim?



Arquitetura moderna, gente!!!! E já com paisagismo incluso!!!
rsrssrsrsrs

Com um beijo da Mariléia

As diferenças entre febre amarela e gripe suína

Muitas pessoas têm dúvidas sobre a gripe suína (AH1NH1), pois acham que pode ser como a febre amarela ou pode ser transmitida através da carne do porco, a carne contém o vírus, mas quando cozida corretamente não há problemas. No entanto a AH1NH1 chama-se gripe suína porque ela é semelhante ao vírus que atinge os porcos e que tenha vindo de várias mutações originadas em porcos. A gripe suína é uma doença respiratória aguda contagiosa entre humanas, e não pela carne dos porcos como muita gente pensa, que leva a um quadro de infecção respiratória. A doença pode ser transmitida através de gotículas da saliva, lançadas no ar como tosse ou espirros, devem ser evitados beijos e apertos de mãos. A gripe suína (AH1NH1), assunto no México, se difundiu para outros pontos do mundo, Seus sintomas são: febre, dores pelo corpo, cansaço e tosse.
A Febre amarela é transmitida somente por mosquito, não é transmitida por pessoas ou de outra maneira. A maior incidência da doença é entre janeiro e abril (período das chuvas), pois é quando o mosquito se prolifera, a febre amarela é uma doença infecciosa que ataca o fígado os rins e o sangue. Chama-se febre amarela porque deixa a pele e os olhos amarelos.
A doença é mais comum no Norte e no Centro-Oeste do Brasil e em algumas áreas de Minas Gerais. No Rio Grande do Sul 21% do estado estão sob a ameaça da febre, são 13 casos confirmado em 182 cidades resultando em mais ou menos 6 mortes.
É bom ficar claro que a recomendação é para quem vive ou vai viajar para áreas próximas a rios, lagos e matas fechadas.

Nome: Daiana Nunes

Gripe Suína

A gripe suína é um tipo de doença respiratória contagiosa entre os humanos, o contágio ocorre por gotículas de saliva lançadas no ar pelo espirro ou pela tosse. Os principais sintomas são dores no corpo, tosse, febre e cansaço.
A gripe começou no México, e agora já se espalhou por outros países do mundo. No Brasil, por enquanto não foi confirmado nenhum caso, existem somente suspeitas, uma em São Paulo e três em Minas gerais.
Para tentar evitar que a gripe se espalhe pelo resto do mundo o Ministério da Saúde de diversos países estão tomando algumas medidas de prevenção como: monitoramento dos aeroportos, distribuição de máscaras e panfletos, também, divulgação através dos meios de comunicação dos sintomas e modos de prevenção contra a gripe suína. No Brasil os agentes da saúde estão fazendo este trabalho junto aos aeroportos e portos de navegação para evitar que pessoas que venham de outros países, principalmente México e Estados Unidos espalhem o vírus em nosso país.
Renata Oliveira Poschi

Tragédia de Hillsborough







O dia 15 de Abril deste ano, foi lembrado pelos 20 anos da tragédia de Hillsborough, uma das maiores tragédias do futebol mundial.
"Era 15 de abril de 1989. Liverpool e Nottingham Forrest se preparavam para entrar em campo em jogo válido pela semifinal da Copa da Inglaterra. O palco era o estádio de Hillsborough, casa do Sheffield Wednesday. Poucos sabiam que aquele dia ficaria marcado como um dos mais trágicos da história do futebol mundial. Poucos minutos antes de o jogo começar, uma multidão de torcedores do Liverpool tentava entrar no estádio pelos estreitos portões de Hillsborough. A situação foi se agravando, com o “afunilamento” dos torcedores para entrar nos portões. A polícia, preocupada com a situação, resolveu abrir outras entradas de Hillsborough para permitir a entrada dos torcedores. Foi o início da tragédia.
A avalanche de pessoas que entrava no estádio, ansiosa para ver o jogo, foi aos poucos “prensando” os que estavam mais perto do campo contra a grade que separava a torcida do gramado. Eram os tempos dos hooligans, nos quais os estádios ingleses sempre tinham barreiras para impedir as invasões dos violentos torcedores. A situação foi se tornando cada vez mais insuportável. Quem entrava no estádio não se dava conta do que acontecia perto do campo, onde torcedores não resistiam à superlotação do estádio e morriam de asfixia. O árbitro da partida, avisado pela polícia, interrompeu o jogo aos 6 minutos da primeira etapa, quando os torcedores já escalavam desesperadamente a grade para buscar o espaço vazio do gramado. Quando a grade não resistiu mais ao peso das milhares de pessoas que a pressionavam, era tarde demais. 96 pessoas morreram em Hillsborough, 766 ficaram feridas, sendo que 300 tiveram que ser levadas para o hospital. A tragédia deixou o futebol inglês de luto e Justice Taylor foi chamado a fazer um relatório para apurar as causas do desastre e possíveis soluções para o problema da segurança nos estádios. Taylor foi o homem que permitiu que o legado de Hillsborough não fosse apenas negativo. O famoso “relatório Taylor”, que apontou a falta de controle da polícia como uma das principais causas do acidente e reformulou os estádios para que eles fossem extremamente vigiados, porém sem grades e com assentos em todos os lugares, foi o ponto de partida para que a Inglaterra vencesse a guerra contra os hooligans e fizesse de seus estádios os mais modernos e seguros do mundo."
Vídeo no youtube:
http://www.youtube.com/watch?v=1q47bOtV3-Y









E o que mais me deixa abismada é que têm certos torcedores que gostam de criar tumultos em estádio. Mal sabem eles que a correria e as brigas, podem causar um grande desastre como este. Porém, penso que grande parte da culpa foi dos policiais que estavam presentes regulando a entrada dos torcedores, pois mesmo sabendo da superlotação do estádio, permitiram que mais pessoas continuassem entrando, ocasionando esta grande tragédia.






Juliana Corrêa da Silveira
A buscar guarida
Cristiano fantinel

Sempre que alçou a perna
Teve campeando onde bolear
Era gente desta genteQue tem léguas no olhar
Numa parelha de mouros
Que cismavam em não tranquear
Só pedia poso,senhores,
E um canto pra desencilhar
No outro dia bem cedo
Trocava de mouro o destino
Chapéu tapeado,ia embora,
Ficando o rastro do peregrino
Tinha poncho pra chuva e frio
E sonhos pra toda vida
Tinha o coração aberto
E alma inquieta a buscar guarida
Um dos sonhos era ter seu rancho
Com belas flores e um jardim
Com uma linda na espera
Pra busca inquieta ter seu fim
Na ânsia louca de realizar
Os sonhos que ele almejou
O coração já vinha ao tranco
E da distância se cansou
Só achou o rumo certo
Quando partiu pra vida eterna
Deixou os mouros no campo aberto
E pra sempre boleou a perna
"Sem escrituras nem flores,
ficou uma cruz cravada.
Apenas uma simples lembrança
de quem viveu e morreu na estrada."

Esta música conta a história de um gaúcho, um viajante, que com seu cavalo e muita coragem viaja pelos quatro cantos do Rio Grande do Sul, sem lugar certo para comer ou dormir, um homem com sonhos a realizar, histórias a contar e léguas no olhar. Morreu sem realizar seus sonhos, sem contar suas histórias. "Sem escrituras nem flores, ficou uma cruz cravada, uma simples lebrança de quem viveu e morreu na estrada."
Thomas Richter

CRISE ECONÔMICA MUNDIAL

A crise econômica global já empurrou 88 mil pessoas para o subemprego nas seis principais regiões metropolitanas do país, somente entre os meses de outubro de 2008 e janeiro deste ano. Já são 702 mil trabalhadores "subocupados" no país, isto é, que somente encontram "bicos" para apurar alguma renda, por conta da crise. O levantamento faz parte de reportagem de Pedro Soares, publicada na edição da Folha deste domingo.Os meses de outubro a janeiro marcam justamente a fase mais aguda da crise financeira mundial. Nesse período, a chamada "subocupação" acumulou alta de 14,2% sobre o total de trabalhadores que já estavam nessa condição (621 mil), de acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).Pessoas subocupadas são pessoas em buscam aumentar sua carga horária de trabalho, para conseguir uma remuneração maior, mas que só conseguem biscates e serviços de tempo parcial, por causa da crise econômica.A taxa de desemprego nas seis principais regiões metropolitanas do Brasil avançou para 8,2% em janeiro, acima dos 6,8% verificados no mês anterior, de acordo com a última divulgação do IBGE.A alta de 1,4 ponto percentual na passagem de dezembro para janeiro foi a maior variação para o período desde o início da série histórica da PME (Pesquisa Mensal de Emprego), em 2002.
PEDRO IZOLAN
pesquisa: internet

Via Láctea versus Andrômeda


A Via Láctea está em rota de colisão com Andrômeda (M31), uma galáxia duas vezes maior. Elas se aproximam uma da outra a cerca de 480.000 km/h. Mas ainda não sabemos com certeza se haverá uma colisão frontal ou apenas uma interação. Uma colisão fundirá ambas numa imensa galáxia elíptica. De qualquer forma, isso levará não menos que três bilhões de anos para acontecer – tempo que pode coincidir com a morte do Sol.
Recentemente foram descobertas novas evidências de que Andrômeda não é tão grande por acaso. Seu tamanho teria sido conquistado às custas da massa de galáxias vizinhas, de menor porte, ao longo dos últimos bilhões de anos. Estudando a borda da galáxia – o chamado halo galáctico – uma equipe internacional de astrônomos flagrou M31 na hora do almoço, literalmente. Eles observaram um gigantesco feixe de estrelas numa região árida da borda galáctica, cuja origem provavelmente se encontra nas galáxias anãs M32 ou NGC205. Isso indica que Andrômeda continua a assimilar companheiras menores até hoje.
Fome de viver
ANDRÔMEDA É VISÍVEL A OLHO NU, longe das luzes da cidade e numa noite sem luar, como uma pálida mancha de luz nas noites de primavera. Através do estudo de outras colisões de galáxias e usando simulações em computador, os astrônomos montaram um cenário, quadro a quadro, do que eventualmente poderá acontecer com a Via Láctea no caso de uma interação. À medida que as duas galáxias se aproximarem uma da outra, Andrômeda irá crescer no firmamento terrestre, até aparecer como uma enorme espada de luz.
É improvável que a humanidade assista ao nascer desse dia, mas quando Andrômeda estiver perto o bastante da Via Láctea, as nuvens de gás de ambas vão interagir violentamente e centenas de brilhantes aglomerados de estrelas irão surgir no céu. Será um formidável espetáculo pirotécnico por todo o firmamento. A quantidade de estrelas massivas irá crescer drasticamente. Estrelas gigantes azuis vão pipocar por todo o firmamento enquanto outras explodirão como supernovas. Andrômeda levará talvez 100 milhões de anos para se contorcer em forma de U, quando finalmente adentrar em nossa galáxia e se chocar com o núcleo da Via Láctea. Então a matéria de ambas será misturada numa única galáxia elíptica. Finalmente, quando as estrelas acharem seu lugar na nova casa, após um processo dinâmico chamado relaxação violenta, qualquer alusão do que foram a Via Láctea ou Andrômeda terá desaparecido.
E quando novas formas de vida apontarem no horizonte de galáxias vizinhas, talvez olhem na direção do núcleo de uma imensa galáxia elíptica, tentando, como nós um dia, compreender sua evolução. Mas eles não encontrarão qualquer vestígio de que ali existiram duas majestosas galáxias espirais onde viveu uma civilização há muito esquecida. Assim mesmo tudo o que fizemos terá valido a pena, se ao contemplar o céu, pelo breve instante de nossa existência, tivermos aprendido a lição da humildade.
  • Minha opinião é que as pessoas terão tempo de aproveitar a Terra e se redimir pelas coisas que nós humanos fizemos e ainda continuamos fazendo de errado, pois - quando chegar o dia da colisão - nossa existência não existirá mais e ninguém vai saber que teve a galáxia Via Láctea, que no sistema solar dessa galáxia tinha um planeta chamado Terra que possuía seres vivos.
    Diogo Munhoz

Gripe Suína

Criança mexicana é a primeira vítima fatal da gripe suína nos EUA.
É a primeira morte por gripe suína registrada fora do México, país mais afetado pelo surto da doença. A criança viajou com a família do México para Brownsville, no sul do Texas, onde ficou doente. De lá, foi levada a um hospital em Houston e morreu na noite de segunda-feira.O Centro de Controle de Doenças dos EUA confirmou a morte nesta quarta-feira.
Para evitar a contaminação, o Ministério da Saúde pede que as pessoas não compartilhem alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal. Recomenda-se também lavar as mãos com frequência, por 15 a 20 segundos, usando água e sabão ou até gel à base de álcool, especialmente depois de tossir ou espirrar, evitando levar a mão aos olhos, ao nariz ou a boca.
Os sintomas são febre superior a 39ºC, tosse, dor de cabeça intensa, dores musculares e articulações, irritação dos olhos e fluxo nasal.
Informações: internet.
Postagem: Bárbara Moroz

Anorexia

História real*

A Teresa tinha 15 anos quando entrou em coma. Era tão nova e tão bonita, mas julgava-se feia, descomposta, desengonçada e extremamente gorda. Se a situação não tivesse sido tão grave e problemática seria irónico para aqueles que conhecem a Teresa. Como é que uma rapariga de quinze anos, com um sorriso sedutor, alta e tão elegante poderá achar que não pertence aos padrões actuais da moda?! É tão ridículo como alguém pode quase perder a vida por uma estupidez dessas. E, chega-se a uma determinada altura, que o problema deixa de ser só dela para ser de todos aqueles que a amam.Os pais, sempre falaram tanto com ela... E quando nas novelas ou nos jornais ou nas televisões abordavam o assunto da anorexia, os pais da Teresa diziam sempre que se, um dia, por acaso, isso lhes acontecesse, eles saberiam logo notar e nunca deixariam as coisas chegarem ao ponto de ter que haver internamento devido a perturbações graves e a problemas relacionados com a saúde. Mas, as coisas acontecem sempre tão rápido, e a Teresa era uma rapariga ajuizada e, na verdade, os pais nunca se sentiram ameaçados em relação a isso, porque conheciam a filha que tinham e não a julgavam capaz de passar por tal.E foi tão fácil perder peso. Passou a ficar mais tempo na escola e, assim, foi tudo muita mais fácil, porque se era lá que passava a maior parte do tempo, era lá que, sozinha, teria que se alimentar e, incrivelmente, teve dias que não comia nada. E, em casa, sempre que, por algum motivo, a “obrigavam” a comer ela lá o fazia, mas em seguida tudo o que tinha comido era, de imediato, “expulso”. Na escola, acreditavam que era em casa que ela tinha as boas refeições e, em casa, julgavam que era na escola... Daí, a situação da Teresa, ter sido facilitada. As roupas eram largas para não se notar a perda de peso, o rosto ia ficando cada vez mais pálido, as tonturas eram constantes e a má disposição começava a ser diária. Dias, semanas, e até meses sem ser descoberto o problema da Teresa, embora as suspeitas já começassem. Mas foi a professora de matemática da Teresa que teve em atenção a sua situação e se apercebeu do seu problema. Alertou os pais e os amigos e foi difícil fazer com que a Teresa acreditasse que estava doente, pois ela insistia em achar-se gorda, mesmo quando chegou a pesar 36 kilos. Foram tempos terríveis que deixaram marcas. Fazia impressão olhar para o rosto dela, para as suas mãos em que a pela quase se desfazia; o cabelo, tão fraco, feio e a aquela cara, com pele enrugada e só ossos, faziam crer que estávamos a olhar para um cadáver. Era terrível e foi difícil para todos superar aquela situação. Hoje a Teresa sabe que nunca deveria ter feito o que fez, sabe que a beleza que ela realmente tinha perdera-a simultaneamente com todo o peso que perdeu e, aí, ficou realmente feia, deselegante e tornou-se numa pessoa desagradável porque psicologicamente continua afectada. Mas, apesar de tudo, a situação dela poderia ter sido bem pior se ela não tivesse o apoio que teve, o amor incondicional que nunca lhe faltou, mesmo nos momentos em que ela era arrogante e desagradável para as pessoas que a tentavam ajudar. Se assim não fosse, certamente ela nunca teria saído do coma e o destino mais provável seria a morte. Mas isso não aconteceu e, agora, anos depois, continua a tentar recuperar. Está gorda, mas dos imensos medicamentos que tem que tomar e, assim, desgraçou a sua vida, pelo menos a vida de menina feliz que dantes tinha e que jamais poderá recuperar. Agora, apenas tenta ser feliz com aquilo que tem e, sem dúvida, ama todos aqueles que nunca a deixaram, porque a amizade, porque o verdadeiro amor faz com que ultrapassemos as piores situações, mesmo aquelas que nos parecem sem solução.
* Dizem!
postagem: Débora Moroz

Gripe Suína

12 países têm registros da gripe suína
O Peru confirmou o primeiro caso da doença na América do Sul, uma mulher argentina que também viajou para o México. O governo mexicano anunciou medidas extremas para conter o avanço da doença.
Os enviados especiais à cidade do México, Rodrigo Bocardi e Luiz Claudio Azevedo contam como está o clima nas ruas da capital, um dia depois do governo ter anunciado medidas extremas para conter o avanço da doença, uma delas, o apelo do presidente do país para a população não sair de casa. É possível ver a gravidade do problema quando o ouvimos o presidente do país assumir que a situação está difícil. E ainda completar: "Não saiam. Fiquem em casa com a família. É o lugar mais seguro”. Para tentar botar isso em prática o governo mexicano decidiu suspender o funcionamento dos serviços público entre amanhã, feriado do dia do trabalho e a terça-feira, feriado do dia da batalha de Puebla, no México. Apenas os hospitais, os meios de transporte e comunicação, os serviços essenciais vão funcionar. Os mexicanos tem obedecido os pedidos do presidente Felipe Calderon. Basta ver a quantidade de pessoas com máscaras nas ruas. E se agora é pra ficar em casa, é preciso ter comida, os supermercados começaram a perceber um aumento maior nas vendas. Enquanto isso, o governo tenta identificar novos casos. Na cidade do México, 74 clínicas portáteis e vários postos médicos ambulantes fazem testes preliminares que em onze minutos constatam se a pessoa tem vírus de gripe. Se o resultado der positivo ela é encaminhada a um hospital. O que o governo mexicano tenta também é encontrar o número real de infectados. A imprecisão é grande. O último boletim do ministério da saúde mostrou que foram constatados 99 casos de gripe suína, 91 pessoas passam bem e oito morreram. O chefe do departamento de epidemiologia do México revelou que o primeiro caso de morte de gripe suína no país foi o de uma mulher que passou oito dias de clínica em clínica tentando descobrir o que tinha. Ela chegou a ser internada num hospital no estado de Oaxaca. Os médicos só identificaram o vírus H1N1 dois dias depois. Ela morreu logo em seguida.
http://g1.globo.com/jornalhoje/0,,MUL1104491-16022,00-PAISES+TEM+REGISTROS+DA+GRIPE+SUINA.html. Acesso: 30/4/2009 19:47:46.
Com esta notícia e com outras sobre o mesmo assunto que está sendo diariamente divulgado nos meios de comunicação, ficamos cientes de que deverá ocorrer uma maior atenção da nossa parte para com os sintomas que esta doença apresenta e um maior cuidado para com as pessoas que nos relacionamos, devemos saber se elas não estiveram em locais de risco deste vírus.
Esse tipo de notícia serve para, entre outras coisas, deixar o expectador atento ao que está sendo dada maior importância no mundo do noticiário que provavelmente deverá ser o que mais desperta curiosidade no público.
Clauber Fonseca

gripe suína

O mundo todo, está muito preocupado com esse vírus, ele é uma mistura de três vírus influenza: da gripe aviária, suína e humana. Provavelmente saiu do porco para o humano, mas isso não está comprovado. A OMS resolveu mudar o nome do vírus para H1N1, pois a denominação gripe suína, está afetando a economia do Mundo, ouvi na Globo que a Alemanha cancelou a compra de carne suína do México e dos EUA.
O Instituto Butantã foi selecionado para desenvolver a vacina contra a gripe H1N1, no prazo de 3 meses, e espero que isso não se torne uma epidemia mundial.
Guilherme Santos

Gravidez na adolescência!


A gravidez na adolescência está se tornando cada vez mais comum, pois os adolescentes iniciam a vida sexual mais cedo. Uma jovem de 14 anos, por exemplo, não está preparada para cuidar de um bebê, muito menos de uma família.
É muito importante que haja diálogo entre os pais, os professores e os próprios adolescentes como forma de esclarecimento e informação.
O prazer momentâneo que os jovens sentem durante a relação sexual transforma-se em uma situação desconfortável quando descobrem a gravidez.
Por isso é muito importante usar camisinha nas relações sexuais, para evitar uma gravidez indesejada e doenças sexualmente transmisiveis.

Anne Almeida


Gripe suína

Origem da doença: A doença é causada por um vírus influenza que normalmente afeta apenas os porcos, o H1N1.

Mutação: Algumas vezes, mutações fazem com que o vírus ganhe a capacidade de afetar humanos. Foi o que anda acontecendo.

Contágio: A forma mais comum de contaminação ocorre quando pessoas lidam diretamente com porcos.
Há evidências de que a atual versão do vírus também tenha a capacidade de passar de pessoa para pessoa, o que aumenta o risco.

Focos: Os principais focos da doença, no momento, então sobre o México e os EUA. Mas já foram confirmados casos na Europa e há suspeitas em diversas partes do mundo.

Sintomas: febre, letargia, falta de apetite e tosse. Algumas pessoas também reportaram: coriza, garganta seca, náusea, vômito e diarréia.

Medicamentos: As drogas zanamivir e oseltamivir mostraram alguma eficácia no combate à doença. Não há vacina eficaz para humanos contra a gripe suína.

Acredito que as pandemias (epidemia de alcance mundial) e as epidemias (nível local), serão mais frequentes pela falta de preservação da natureza e a falta de incentivo que existe no Brasil e no mundo para descobrir novos medicamentos para poder terminar ou apenas diminuir essas doenças.
fonte de pesquisa: internet
postagem: Guilherme Delgado

DEPENDÊNCIA DE DROGAS




  • Dependência Física
    Consiste na necessidade sempre presente, a nível fisiológico, o que torna impossível a suspensão brusca das drogas. Essa suspensão acarretaria a chamada crise da "abstinência". A dependência física é o resultado da adaptação do organismo,independente da vontade do indivíduo. A dependência física e a tolerância podem manifestarem-se isoladamente ou associadas, somando-se à dependência psicológica. A suspensão da droga provoca múltiplas alterações somáticas, causando a dramática situação do "delirium tremens". Isto significa que o corpo não suporta a síndrome da abstinência entrando em estado de pânico. Sob os efeitos físicos da droga, o organismo não tem um bom desenvolvimento.


  • Dependência Psicológica
    Em estado de dependência psicológica, o indivíduo sente um impulso irrefreável, tem que fazer uso das drogas a fim de evitar o mal-estar. A dependência psicológica indica a existência de alterações psíquicas que favorece a aquisição do hábito. O hábito é um dos aspectos importantes a ser considerado na toxicomania, pois a dependência psíquica e a tolerância significam que a dose deverá ser ainda aumentada para se obter os efeitos desejados. A tolerância é o fenômeno responsável pela necessidade sempre presente que o viciado sente em aumentar o uso da droga. Em estado de dependência psíquica, o desejo de tomar outra dose ou de se aplicar, transforma-se em necessidade, que se não satisfeita leva o indivíduo a um profundo estado de angústia, (estado depressivo). Esse fenômeno não deverá ser atribuído apenas as drogas que causam dependência psicológica. O estado de angústia, por falta ou privação da droga é comum em quase todos os dependentes e viciados.


  • Requisitos Básicos da Dependência
    1 - forte desejo ou compulsão para consumir a substância;


  • 2 - dificuldade no controle de consumir a substância em termos do seu início, término ou níveis de consumo;


  • 3 - estado de abstinência fisiológica quando o uso cessou ou foi reduzido (sintomas de abstinência ou uso da substância para aliviá-los);


  • 4 - evidência de tolerância, de tal forma que doses crescentes da substância psicoativa são requeridas para alcançar efeitos originalmente produzidos por doses mais baixas;


  • 5 - abandono progressivo de prazeres ou interesses alternativos em favor do uso da substância psicoativa, aumento do tempo necessário para obter ou tomar a substância psicoativa ou para se recuperar dos seus efeitos;


  • 6 - persistência no uso da substância, a despeito de evidência clara de consequências manifestamente nocivas, tais como dano ao fígado por excesso de álcool, depressão consequênte a período de consumo excessivo da substância ou comprometimento cognitivo relacionado à droga.


Dados Epidemiológicos
20% da população usam substâncias psicoativas no decorrer da vida;


15% no mínimo são portadores da doença da dependência química;


10% a 12% desses usam mais de uma droga concomitante;


A incidência de DQ é de 2 a 6 vezes maior no homem;


DQ evolui do álcool para drogas mais pesadas;


150 mil óbitos/ano por alcoolismo nos USA; 15% dos DQ cometem suicídio (20 vezes maior que na população).



Transtornos Psiquiátricos em Pacientes Dependentes de Álcool
- 218 pacientes alcoolistas x 218 pacientes não alcoolistas


- Serviço Ambulatorial Universitário do estado de São Paulo;


- Prevalência em toda vida (LTP) de transtornos psiquiátricos: 70% população alcoolista x 26% população não alcoolista;


- Depressão maior em 50%;


- Personalidade anti-social em 30%;


- Fobias em 20%;


- Abuso/dependência de outras drogas em 19%.



Saiba como Agir nas Emergências
Aprenda a conhecer os sintomas de overdose (intoxicação aguda) e saiba o que fazer quando uma pessoa exagerou no uso de drogas e pode estar precisando da sua ajuda:


Conheça os sintomas:


- Perda da consciência, coma ou sono repentino e/ou profundo


- Respiração lenta ou curta ou parada da respiração


- Sem pulso ou pulso fraco


- Lábios roxos


- Convulsões, movimentos involuntários, desmaios


- Palpitação, taquicardia, dor no peito Saiba o que fazer:


- Chame o resgate ou ajuda médica para emergências, imediatamente.


- Nunca deixe a pessoa sozinha.


- Deite a pessoa de lado, tenha certeza de não haver comida ou vômito na garganta.


- Afaste o queixo do peito.


- Nunca dê outra droga para combater o efeito.


- Nunca ponha nada na boca da pessoa, incluindo água ou medicamentos.


- Se a pessoa estiver tendo uma convulsão segure a sua cabeça com cuidado para não bater no chão ou em algum móvel


Atenção: a mistura de qualquer droga com álcool ou outras drogas aumenta o risco de overdose, ferimentos, violência, abuso sexual e morte.



Loucos por Pílulas
Remédios para emagrecer, dormir ou combater a impotência geram uma mania pelo consumo exagerado de medicamentos, cada vez mais frequente nos países desenvolvidos.

fonte: www.caed.com.br/dependencia - 34k


Sérgio Etchepare

O cristal devastador

A droga que mais preocupa as autoridades americanas começa a aparecer em raves no Brasil.Uma pedra cristalina, aparentemente inofensiva, tornou-se o pesadelo da sociedade americana. A droga, conhecida como crystal meth ou ice - entre outros nomes -, tem o nome técnico de metanfetamina, é destrutiva e pode ser usada das mais variadas formas: ingerida em cápsula, derretida para ser injetada, cheirada como a cocaína e fumada como o crack. Com o tempo, a sensação de euforia e o aumento do desejo sexual, produzidos pelas altas doses de dopamina liberadas no cérebro, dão lugar a pânico, alucinações, agressividade, convulsões, falta de apetite, risco de derrame, colapso cardiovascular, corrosão de dentes e gengivas. A droga não custa a levar à morte - e está sendo considerada uma epidemia sem precedentes. Esse quadro assustador dá seus primeiros passos também no Brasil. Desde o começo do ano, o Departamento de Investigações sobre Narcóticos vem fazendo apreensões da droga em raves e faculdades de São Paulo. No dia 20 de agosto, a Operação Dancing, de combate ao tráfico de drogas sintéticas, prendeu 20 jovens numa rave em Indaiatuba, no interior do Estado, com ecstasy, LSD, maconha e a preocupante novidade. Ainda não há pistas de como o tóxico entra no país porque a polícia não conseguiu chegar aos traficantes. Assim como o ecstasy, por aqui a crystal meth custa caro e está restrita à classe média alta. Nos Estados Unidos, antes de entrar na moda, foi durante muito tempo a droga típica do meio rural, produzida em laboratórios de fundo de quintal a partir de ingredientes tirados de remédios comuns. O Grupo de Estudos de Álcool e Drogas do Hospital das Clínicas de São Paulo também registra a presença da crystal meth. O diretor da instituição, o psiquiatra Arthur Guerra de Andrade, já identificou o uso do entorpecente entre jovens pacientes. "Quem experimentou utiliza outros tipos de droga. A descrição é de um ecstasy turbinado", diz. O médico considera preocupante o surgimento da moda. "Por ser sintética e misturada com substâncias cuja reação no corpo é desconhecida, pode se tornar um sério problema de saúde pública", destaca.
A pseudoefedrina - usada para produzir metanfetamina, um derivado sintético mais potente da anfetamina - é o estimulante que dá base à droga. É relativamente fácil de produzir, mas perigoso. São comuns explosões nos laboratórios clandestinos que proliferaram no interior dos EUA. Mais de 12 milhões de americanos já experimentaram metanfetaminas e 1,5 milhão são usuários regulares, de acordo com estimativas governamentais. Ao que parece, nenhum dos Estados escapou da crystal meth. O Missouri está no topo da lista, com mais de 8 mil laboratórios clandestinos. Pesquisa da National Association of Counties feita com autoridades de 45 dos 50 Estados americanos mostrou que, para 58% deles, a crystal meth é, atualmente, a droga mais preocupante. Depois vêm a cocaína, com 19%, a maconha, com 17%, e a heroína, com 3%. A metanfetamina não é uma droga nova. Como a maconha e a heroína, porém, tornou-se mais poderosa graças à tecnologia. Na década de 50, era prescrita para dietas e casos de depressão. Foi proibida nos anos 70, mas continuou a ser fabricada clandestinamente no interior dos EUA. Na década passada, o tráfico organizado mexicano começou a produzir meth. Hoje, metade da droga consumida é feita no México.
  • Acredito que isso tudo está acontecendo devido à falta de diálogo entre jovens e pais, porque o diálogo retira as barreiras entre ambos e faz com que os filhos contem seus problemas aos pais, o que muitas vezes pode ser a razão que leva eles a começarem a usar drogas e até mesmo a prostituição. Gilda