quinta-feira, 18 de junho de 2009

terça-feira, 9 de junho de 2009

QUAL É O TEU TAMANHO???????????



Tu reclamas de tudo?
Da vida, da falta de sorte e de dinheiro, dos pais, dos filhos, do trabalho, do estudo? Depois de assistir ao vídeo, me diz de que tamanho te sentes!
Posta aqui um comentário!
E provo que, para nadar, não precisamos de braços!!! rsrsrss Vocês sabem do que estou falando!!!!
bj...
Ótimo feriaaaaaaaaaaadooooooooo
Mariléia...

DOAÇÕES DE LIVROS


na sala do Secretário de Educação do Município (esvaziaram a térmica do cafezinho)


Secretaria de Educação de Alegrete, com a professora Maria Lúcia


Secretaria de Educação de Alegrete, com a professora Maria Lúcia


sala de espera da Santa Casa


na pediatria da Santa Casa com a Tânia




domingo, 7 de junho de 2009

DOAÇÃO

PESSOAL, LEMBREM QUE QUARTA-FEIRA IREMOS NA SANTA CASA!

MARILÉIA

TEMAS DE REDAÇÃO

  • Guris, aqui está uma lista de assuntos que servirão de temas para as Redações de vocês. Peço que escolham um deles, pensem e se informem sobre o assunto escolhido, analisando o contexto histórico, econômico e social, pesquisando se há dados estatísticos relacionados, etc. Levem anotações, reportagens e ideias na próxima aula para iniciarem a escritura da Redação. Lembrem-se: a Redação será escrita em aula, portanto não adianta levar rascunho ou texto pronto.


    1. Gosto musical

  • 2. Os padrões de beleza impostos pela mídia.

  • 3. A influência da internet na vida das pessoas.

  • 4. Rivalidade entre times e torcedores.

  • 5. Relacionamento entre pais e filhos.

  • Um beijo em cada um.
    Mariléia
  • .
  • .
  • .
  • .

INICIAÇÃO À REDAÇÃO

Quanto à tipologia existem três tipos de texto:
- o narrativo
- o descritivo
- e o dissertativo.

Os CV (concursos vestibulares) do RS solicitam que os vestibulando escrevam DISSERTAÇÃO PURA OU REDAÇÃO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVA EM PROSA ( Que significa redigir o texto convencional, se não fosse em prosa, seria em verso, ou seja, poesia.).

1. COMO REDIGIR
Para escrever um bom texto e prender a atenção do leitor é necessário que nosso pensamento se desenvolva coerentemente e com clareza para que possamos comunicar nossas ideias de forma convincente para quem nos lê.

2. REDIGIR É DIFÍCIL
As pessoas costumam dizer que têm ideias , mas que não conseguem passá-las para o papel, sendo que uma das razões para isso é o fato de que o pensamento humano não é e nunca será absolutamente exato. Temos a capacidade de questionar e podemos repensar, refazer, reestruturar e aperfeiçoar o que pensamos, dificultando – assim – a colocação das palavras no papel. Além disso é importante lembrarmos que pensamos e falamos o tempo todo, mas pouco escrevemos, ou seja, desenvolvemos pouco a habilidade da escritura de textos. Entretanto, às vezes, temos dificuldade para redigir porque:
- não amadurecemos nossas ideias suficientemente;
- faltam informações e dados necessários para o desenvolvimento de uma redação;
- temos preguiça de pensar, ou seja, não exploramos nossa capacidade de organização mental e conhecimento.
Pensar e escrever requer prática, e ninguém jamais saberá tudo de redação. Leitura ajuda muito, pois com ela obtemos informações novas, alimentamos pensamentos e ampliamos vocabulário, mas não se aprende a escrever lendo, e é só o hábito de ler e redigir que nos dá efetivo domínio sobre nosso idioma.

Aprende-se a escrever escrevendo, e nada substitui essa prática, assim como nenhum manual ou professor pode nos ensinar a andar de bicicleta. A prática é essencial, sem ela não é possível redigir com facilidade e qualidade.

3. O PENSAMENTO E A REDAÇÃO
Ninguém pode entrar em nossa cabeça, penetrar nosso cérebro e conhecer como pensamos. Mas é possível avaliar a eficiência de nossa mente a partir do que escrevemos. Aprendemos a escrever para dar respostas às solicitações da realidade, sendo que redigir é saber expressar – de forma inteligível – as ideias que, espontaneamente, ocorram, mas - para tanto – o cérebro precisa estar constantemente alimentado com informações, e o treino é fundamental.


[...] o concurso vestibular não é um concurso literário, mas sim um momento onde há grande exigência da memória e do raciocínio, pois a agilidade mental é imprescindível para que o texto seja bem articulado e argumentado, coeso, original, criativo e adequado à proposta.
Mariléia Marchezan, 2005, in: Redação de Vestibular, Coperse, UFRGS

O QUE A UNIVERSIDADE QUER?

- VERIFICAR A CAPACIDADE DE RACIOCÍNIO E ORGANIZAÇÃO MENTAL

- ORIGINALIDADE: AUTORIA
- CRIATIVIDADE: O DIFERENTE

- ADEQUAÇÃO À PROPOSTA

- CAPACIDADE DE CONVENCER O LEITOR

- CONHECIMENTO DA L. PORTUGUESA

4. OS SUPERPODERES

INTELIGÊNCIA,

MEMÓRIA,

RACIOCÍNIO,

CRIATIVIDADE,

OUSADIA!



5. A DISSERTAÇÃO
Dissertar é expor ideias de modo organizado, com o objetivo de passar para o leitor uma análise a respeito de um tema, expondo pontos de vista. E, se o texto for argumentativo, o autor terá persuasivo, tentando convencer o leitor, usando argumentos consistentes e posicionamento claro.


6. PARA EXEMPLIFICAR
7. A ESTRUTURA


INTRODUÇÃO, DESENVOLVIMENTO E CONCLUSÃO

Introdução: suscita um problema, ou seja, estabelece uma perspectiva, um propósito a partir do qual deverão ocorrer desdobramentos. Devido a isso, deve apresentar um caráter de síntese. É onde deve constar o TEMA e a TESE de forma objetiva, geralmente em um único parágrafo.

TEMA: é o assunto a partir do qual se desenvolve o texto.


TESE: é o ponto de vista do autor, suas idéias, seu posicionamento sobre o assunto lançado no tema


Desenvolvimento: apresenta detalhamento dos aspectos relevantes, discussão, confronto, argumentação e exposição dos pontos de vista. Aqui o candidato evidencia sua habilidade ou não em articular adequadamente as informações que traz a respeito do tema; por isso, essa etapa assume um caráter de análise.

ARGUMENTOS: são as “provas”, as evidências do que se afirma na tese, a fim de que o autor convença o leitor com suas idéias.

Conclusão: apresenta o fechamento do texto, isto é, o candidato precisa concluir a redação, posicionando-se a partir da discussão que desencadeou no seu texto. A conclusão de um texto também assume o caráter de síntese, levando em conta que esta etapa precisa retomar a ideia norteadora da redação e amarrar as pontas do tema com o contexto, o autor pode reforçar as teses, trazer uma reflexão para o leitor e apontar soluções para problemas discutidos.








Viste??

Redação não é um monstro!!!!

Professora Mariléia Marchezan




terça-feira, 2 de junho de 2009


JORNAL EM QUESTÃO - 02 DE JUNHO

.

segunda-feira, 1 de junho de 2009

DOAÇÃO DE LIVROS






ESTIVEMOS NO SEMINÁRIO PAULO FREIRE, NO CTG ACONCHEGO DOS CARANCHOS, SÁBADO, DIA 30 DE MAIO, PARA FAZER A DOAÇÃO DOS LIVROS ARRECADADOS, E O FERNANDO REPRESENTOU AS TURMAS 102, 103 e 104. ENTREGAMOS OS LIVROS AO SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO, PROFESSOR SITÓ, E SOLICITAMOS QUE SEJAM ENCAMINHADOS A ALGUMAS EMEIs.

ATIVIDADE 6 - EXERCÍCIOS NO LIVRO DIDÁTICO

PARA A PRÓXIMA SEMANA!!!
Página 174: atividades 16 e 17.
Página 176: atividade 18.
Página 178: atividades 23 e 24.
Páginas 181 e 182: questão 29.
Página 183: atividades 33, 34 e 35.
Página 184: atividade 36
Página 185: ler!
Página 186: ler!
Página 187: ler!
Escrever no caderno, de forma resumida, em um parágrafo o que é:
1. Relato
2. Narrativa, citando os elementos da narrativa.
3. Crônica, dando exemplos dos tipos existentes.
ATENÇÃO!!!
ESSAS ATIVIDADES SERÃO CONFERIDAS NA PRÓXIMA SEMANA.
Data da postagem da ATIVIDADE 6: 01/6/09
Bom trabalho!!!
Beijo da Mariléia